sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Cotsidsiano

- Você tá de fone de ouvido?
- Não. Tô recarregando meu cérebro.
.
***
.
Eu sozinho, sentado em um banquinho num balcão de uma lanchonete no centro. Reenfase: sozinho. Um cara chega com um uniforme que eu creio ser de porteiro, senta-se do meu lado, e pergunta, olhando diretamente nos meus olhos:
- Você gostaria de ser um judeu em meio à Segunda Guerra?
- Hã?
- Ou melhor: você gostaria de ser um judeu que sobrevivesse em meio a Segunda Guerra mas que tivesse toda a família morta pelos nazistas? - franziu o cenho interrogativamente.
- Sim, gostaria.
Dois segundos depois, revidei:
- Chotifazer uma pergunta: você acredita em universos paralelos?
.
***
.
Pensamento lógico. No meio da rua. Passos largos. Muitos gestos. Fala alta. Dois amigos.
- Nóshça, você ainda se lembra de como a vit D é produzida? Faz tanto tempo que você estuou isso!
- Claro que eu me lembro! Ela é ingerida na forma de esgos-jnjgvoegirsap-terol e vira a vit D na pele, ao ser sintetizada pelos raios solares!
- Isso mesmo!
- E quem não tem pele? O que ocorre?
- A-há, acho que você nunca viu alguém sem pele!
- E um leproso???
- Ah, é mesmo...
- Ah, é por isso que a lepra mata: ela acaba com a pele da pessoa, ai ela não consegue produzir mais vit D, por isso que ela morre!!!
- É mesmo! Nóshça, a gente sabe lidar muito bem com a Lógica Médica! Háhá!

1 comentários:

tati disse...

Gentse, sequencia gracinhas que me fazem ser otimista em realação a vida.
kkkkkkkk
já deixando explicito: o primeiro foi comigo!!!! Mas tem explicação,bocózinho...kkk